Vacina: Por que Mafra não agenda Dias D chamada para 2ª dose?

Entre os meses de maio e junho, acompanhando manifestações populares em redes sociais, lançamentos uma campanha aqui no Portal cobrando mais agilidade  dos prefeitos de Mafra e Rio Negro na aplicação da vacina contra Covid.

A fila estava muito lenta ou quase parando na faixa acima de 60 anos. Até o dia 10 de junho, Mafra também não havia agendado um Dia D Vacinação.

Foi, então, que Rio Negro  anunciou Dia D para público entre 58 e  59 anos. Em seguida, Mafra anunciou o primeiro Dia D, para público de 55 a 59 (foi dia 12 de junho, um sábado). Com isso a fila andou 5 anos na faixa etária.

E, é com base nesse registro que está sendo feito novo questionamento. Dia 12 de setembro seria o Dia D para 2ª Dose ao público na faixa de 55 a  59 anos. Porém, não foram encontradas sequer chamadas para a esta fase complementar da imunização.

O indicado, ou lógico, é que Mafra agendasse um Dia D para esse público alvo entre os dias 10 e 11 (dia 12 foi domingo), pois é um universo populacional significativo.

O que se sabe é que parte da população consciente está procurando as unidades de saúde, à procura da segunda dose. E, na unidade central, nesta terça-feira houve fila extensa. Além disso, o horário para aplicação estava reduzido (intervalo para almoço e limitado até 15:30), e, segundo relatos, teria uma única pessoa para aplicar a vacina, o que tornava o andamento da fila mais demorado.

Por outro lado, pessoas que têm compromissos no dia a dia (com horário de trabalho), nem sempre conseguem ir ao posto de saúde nesse período.

Resumindo, continua faltando planejamento e logística para a campanha de vacinação em Mafra.

Rio Negro, segundo registros, está agendando Dias D Chamada e já estaria adiantado o calendário da 2ª Dose, em relação ao tempo mínimo de espera para o público de cada faixa etária.

Redação JIRIOMAFRA.COM

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pin It on Pinterest