Servidores levam “tapa na cara” dos amigos do Prefeito, e são “tocados” da Câmara após vaiar vereadores

 

Foi votado intantes atrás na sessão da Câmara de Mafra desta terça-feira 02/04, o projeto de lei 005/24 que reduz o valor do reepasse da Prefeitura ao Plassma – Plano de Saúde Municipal dos Servidores Públicos.

Apesar dos apontados, questionamentos e parecer contrário da comissão de Saúde, o projeto foi aprovado com apoio da bancada governista por sete votos  7 x 5 votos.

Votaram a favor do projeto os vereadores considerados como “Amigos do Prefeito”, mas foram veemente vaiados com gritos de repúdio e protestos por servidores que estavam na platéia.

Além de levar um “tapa na cara”, os servidores foram praticamente expulsos da Câmara, momento emq eu o presidente da Mesa Diretora, vereador Seginho Severino, ameaçou mandar retirá-los ( que usaria inclusive a força para isso, se necessário).

Tanto que a Polícia Militar foi chamada para se posicionar em frente da Câmara

Depois dessa ameaça, os servidores foram se retirando do plenário,  gritando “vergonha, vergonha…mercenários”, na saída, enquanto alguns vereadores que votaram pela aprovação do projeto ficaram rindo no plenário.

Foi o que deu para entender na expressão dos vereadores Mário Skoniesk e João Maria Ferreira.  Pareceu que o vereador Rafinha Cavalheiro  foi solidário ao riso dos 2 vereadores, ao seu lado, mas tentou esconder com a mão na boca.

Nesse momento, o vereador David Roeder, líder do governo, e o veredor Wlademar Hoenning (suplente de Everton) olhoram para trás, aparentando cara de espanto… mas a expressão facial era de riso debochado…

Ou seria sentimento de humilhação mesmo, diante da derrota dos Servidores, por terem aprovado o projeto, para atender os interesses do Prefeito?

Votaram a favor do Prefeito os vereadores: David Roeder, Mário Skonieski, João Maria Ferreira, Dircelene Dittrich Pinto, Rafinha Cavalheiro,  Valdecir Munhoz e Waldemar Hoenning. 

Contra o projeto e em defesa do Servidores, votaram: Abel Bicheski, Jonas Schultz, Jonas Heide, Vanderlei Peters e Wagner Grossl.

Imagens: reprodução/JI

previous arrow
next arrow
Slider

 

 

Comentários

Um comentário sobre “Servidores levam “tapa na cara” dos amigos do Prefeito, e são “tocados” da Câmara após vaiar vereadores

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pin It on Pinterest